Nos dias 19 e 20 de outubro, a vice-presidente da ADPERGS, Bárbara Sartori, esteve presente no V Congresso Gaúcho de Direito de Família e Sucessões, em Bento Gonçalves. O evento foi promovido pelo Instituto Brasileiro de Direito de Família - Seção Rio Grande do Sul (IBDFAM/RS).

 

Durante os dois dias de conferência, reuniram-se mais de 400 profissionais e acadêmicos do Direito, da Psicologia, do Serviço Social, da Medicina e da Pedagogia, para debater temas da atualidade do Direito de Família e Sucessões, como adoção, alienação parental, constelações familiares, direito sistêmico, pluriparentalidade e poliamorismo.

Na solenidade de abertura, o presidente do IBDFAM/RS, Conrado Paulino da Rosa, saudou os congressistas presentes e destacou o difícil momento pelo qual passa o Brasil como nação. A palestra de abertura abordou sobre os “Temas atuais da jurisprudência do TJRS”, da qual participarão os desembargadores da 8ª Câmara Cível do TJRS José Antônio Daltoé Cezar, Luiz Felipe Brasil Santos, Ricardo Moreira Lins Pastl e Rui Portanova.

A ADPERGS sorteou 3 (três) inscrições entre os associados para participarem deste importante evento. Para a Defensora Pública sorteada, Fernanda Aimé Lamp Wainck, “A participação no congresso foi bastante enriquecedora, proporcionando espaço para o debate de temas atuais e controvertidos na jurisprudência de nossos tribunais, com aplicabilidade e reflexo prático no cotidiano da Defensoria Pública na área de família”.

Além da vice-presidente da Associação, integraram a mesa da sessão solene de abertura a vice-presidente do IBDFAM/RS, Delma Silveira Ibias; a diretora do Núcleo do IBDFAM/RS de Bento Gonçalves, Eduarda Schilling Lanfredi; o presidente da OAB/RS – Subseção Bento Gonçalves, Cleber Dalla Coletta; o vice-presidente administrativo da Associação dos Juízes do Rio Grande do Sul (Ajuris), Orlando Faccini Neto; a presidente da Comissão da Mulher Advogada da OAB/RS, Beatriz Perufo; a vice-diretora da Caixa de Assistência dos Advogados do RS (CAA/RS) e presidente do Instituto Proteger, Melissa Teles; o representante da Fundação Escola Superior do Ministério Público (FMP), Leandro Néck; e o presidente da Associação Brasileira Criança Feliz, Sérgio de Moura Rodrigues.

 

22 de Outubro de 2018