Porto Alegre foi o local escolhido para encerrar a XI Jornada Estadual contra a Violência e a Exploração Sexual de Crianças e de Adolescentes

Porto Alegre foi o local escolhido para encerrar a  XI Jornada Estadual contra a Violência e a Exploração Sexual de Crianças e de Adolescentes

A última audiência pública da XI Jornada Estadual contra a Violência e a Exploração Sexual de Crianças e de Adolescentes ocorreu na última sexta-feira (29), no Teatro Dante Barone, na Assembleia Legislativa. A vice - presidente da ADPERGS, Marta Beatriz Tedesco Zanchi, esteve presente no evento e relatou sua avaliação sobre a Jornada.

A ADPERGS foi colaboradora da XI Jornada Estadual contra a Violência e a Exploração Sexual de Crianças e de Adolescentes durante o ano de 2013. A Associação sempre foi representada por sua vice-presidente, que trouxe a visão do defensor público para dentro do debate. "A ADPERGS sempre será apoiadora dos direitos fundamentais das crianças e adolescentes. Os meus anos de atuação na Vara da Infância e da Adolescência permitiram que as discussões durantes as audiências públicas vissem o lado do defensor. A Defensoria Pública tem dupla atuação, somos garantidores tanto dos direitos da criança como dos direitos do réu, em especial a ampla defesa. A escuta da criança e do adolescente feita de modo adequado, em tempo hábil, e, respeitando o regramento processual penal, é o meio mais seguro para se chegar ao resultado satisfatório no processo; contudo, temos que ter presente que a situação da criança abusada e, não raramente, também do réu, não se esgotam na sentença, não é incomum que o réu - absolvido ou condenado - retorne ao meio familiar, situação que merece toda atenção da rede de proteção, até para o fim de resgatar vínculos familiares. A final, a proteção à criança e ao adolescente é responsabilidade de todos e prioridade absoluta, conforme a Constituição Federal.

Para marcar a 11ª edição do evento, que este ano tratou do tema da Copa do Mundo, o secretário da Justiça e dos Direitos Humanos, Fabiano Pereira, anunciou as negociações para a implantação de um Centro de Referência de Atendimento Infantojuvenil (CRAI) em Gravataí. O centro concentra atendimentos de saúde, de segurança, psicológico e de assistência social para crianças e adolescentes vítimas de abuso sexual. Fabiano também ressaltou a alegria de saber que a Jornada é um projeto que deu certo. É gratificante ver que a jornada sobreviveu sem falhar nenhum ano", disse.

O deputado Miki Breier, integrante da Comissão de Cidadania e Direitos Humanos da Assembleia Legislativa, ressaltou a importância do governo e das entidades chamarem para si a responsabilidade na luta contra a exploração de crianças e adolescentes". Enquanto ficarmos empurrando os problemas entre as instituições não resolveremos, e este problema é nosso. E hoje estamos aqui para encontrar medidas para coibir cada vez mais os tristes índices das nossas crianças", afirmou.

Também participaram do encerramento da Jornada a juíza da Infância e da Juventude, Dra. Vera Deboni; a promotora de Justiça Denise Vilela; a responsável pelo CRAI de Porto Alegre, Eliane Soares; o representante da Ordem dos Advogados do Brasil Edu Duda Ocampos, o jornalista Maurício Saraiva e a advogada Bianca Garibaldi.

 

Postado em 03 de Dezembro
Compartilhe    



  • ANADEP M2014
  • Banner Memorial 200
  • Guia Estagiario

  • GIBI Cidada

  • Cartilha Cidada

  • Banner divida_rs
  • Associe-se
Assine os canais da ADPERGS
nas Redes Sociais

face twitter
divisor modulo esquerda